13.02.2012 - 12:45:36
Agricultores do RN conhecem projeto de agroecologia do assentamento Carrasco, em Esperança (PB)

Uma comissão de agricultores e agricultoras familiares de municípios do Rio Grande do Norte participaram de um encontro de intercâmbio no Assentamento Fazenda Carrasco, município de Esperança, divisa com Alagoa Nova, Brejo da Paraíba.

O encontro foi promovido pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) em parceria com a Associação dos Produtores Orgânicos da Fazenda e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Norte (Fetarn).

Comprado com recursos do Crédito Fundiário, o assentamento fica localizado na Comunidade Ribeiro, divisa com o município de Alagoa Nova, onde moram e trabalham 10 famílias de agricultores com uma produção diversificada na agroecologia com produtos destinados a alimentação das famílias e o excedente sendo vendida em diversos mercados a exemplo de feiras livres (espaços agroecológicos) e programas governamentais.

O tema foi evidenciado no Programa Domingo Rural do último domingo (12) que conversou com o assessor técnico da Fetarn, Obdon Fernandes Neto, dialogando sobre a importância da visita, sobre o trabalho que se desenvolve no RN e sobre a construção de intercâmbios de agricultoras e agricultores paraibanos rumo ao estado potiguar. “Não adianta ter conhecimentos e esse conhecimento ficar na gaveta, a gente tem que divulgar isso, estamos trazendo agricultores do Rio Grande do Norte pra vê as experiências do pessoal da Paraíba e temos experiências lá também pra mostrar ao pessoal daqui depois, por isso o pessoal daqui vai fazer uma visita a gente lá que a gente tem experiências lá diferentes dessa, mas que quando se soma cresce e se a gente se junta, vamos crescer”, explica aquela liderança ao falar aos ouvintes da Rádio Serrana de Araruna AM 590 kHz na conexão com a Rádio Bonsucesso de Pombal AM 1180 kHz e Rádio Cultura de São José do Egito 1320 através do Programa Domingo Rural.

Obdon disse que são agricultores dos municípios da região próxima ao Litoral Macaíba, Ceará Mirim e da região do Auto Oeste Mossoró, Barauna, Grossos dentre outros. “São agricultores que fazem agricultura irrigada parecida com isso daqui, é um projeto que a gente tem de assistência técnica através da Cooperativa Terra Livre lá de Mossoró que fez um convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário pra fazer assistência técnica, são 58 áreas de assentamento e nós escolhemos 6 que trabalham com irrigação pra visitar o pessoal aqui de Esperança”, explica Obdon ao dialogar com os ouvintes Domingo Rural.

Francinaldo da Silva Luna é presidente da Associação dos Produtores Orgânicos da Fazenda Carrasco (Aprofaco), e ao conversar com nossa equipe fez um balanço das ações desenvolvidas naquele assentamento do Crédito Fundiário, Interpa, sobre a visita dos norteriograndenses dentre outras informações repassadas através do Programa Domingo Rural via emissoras parceiras.

Ele informou que todo o trabalho se faz a partir de parcerias com órgãos e entidades diversas a exemplo da Fetag, Banco do Nordeste, Interpa, Emater local, prefeitura dentre outras e diz que as visitas são fatos constantes e instrumento de divulgação do trabalho que se desenvolve. “Estamos vendendo ao governo federal na visão dos 30% na merenda, o governo federal novamente através da Conab do PAA e a nossa responsabilidade de procurar espaço e conseguir uma feira oriunda do governo federal no programa de fomento em que o prefeito de Esperança fez o convênio junto com a Secretaria de Agricultura do município onde instalamos a feira da agricultura familiar no município de Esperança e aí sim, termina de ser consumido o que nós temos produzido”, explica o agricultor afirmando que são dez famílias trabalhando uma área de cerca de 4,9 hectares cada com uma oferta de uma ampla linha de frutas e verduras dentre outros.

Gilvan Salviano é técnico da Emater, trabalha conhecimentos assessorando as famílias e garante que o modelo de organização faz a diferença na cadeia produtiva naquela unidade rural agroecológica. “Quando nós chegamos aqui essa terra não produzia, pra você ter uma idéia esses sessenta hectares foi o que sobrou de uma propriedade de mais de seiscentos hectares, quando tiraram as partes boas sobrou a parte ruim que eles chamavam o Carrasco, e ao longo desse tempo nós planejamos um trabalho de revitalização das margens do riacho, essas barragens que vocês vêem hoje com água são todas artificiais, são todas planejadas dentro do programa porque nós sabemos que aqui tem duas fases distintas: é o verão e o inverno. Passou as chuvas, acabou água, e quando terminava as águas elas se tornavam num banco de areia”, explica aquele extensionista ao dialogar com os ouvintes do Programa Domingo Rural, através de nossas emissoras parceiras que continuam evidenciando as experiências no próximo domingo.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
Fetag, Contag e Senar realizam a primeira Oficina de Base na Paraíba
Fetag-PB inicia ciclo de Oficinas de Base, nesta quarta-feira (10)
Fetag e STTRs participam de entrega de propostas para agricultura familiar ao governo do Estado
 
 

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192