20.09.2017 - 12:21:30
Canavieiros terão piso salarial de R$ 960 na Paraíba

Ficou em R$ 960 o piso salarial dos canavieiros que atuarão na safra 2017-2018, na Paraíba. O valor foi definido na tarde da última terça-feira (19), após uma acalorada 2ª e última rodada de negociações entre a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB), os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs), e representantes das empresas que atuam no setor sucroalcooleiro paraibano.

Essa foi a primeira Convenção Coletiva da categoria após a aprovação da Reforma Trabalhista, que entra em vigor em novembro, e retirou uma série de direitos conquistados pelos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros.

O impasse se deu por conta do pagamento das horas in itineres, ou seja, pelas horas extras em que o trabalhador gasta em transporte fornecido pelo empregador até o local de trabalho recebidas pela categoria há cerca de 7 anos. “Garantimos um abono de R$ 50 aos trabalhadores que atuam no corte da cana, após a cessão do pagamento das horas in itineres, em novembro. Esse abono se encerrará ao final da safra”, afirmou o secretário de Assalariados da Fetag-PB, João Lau. 

Na avaliação do presidente da Fetag, Liberalino Lucena, essa foi uma das Convenções mais difíceis dos últimos tempos. “No entanto, tentamos fazer ver aos empresários o quanto representa na mesa de um trabalhador a perda de mais de R$ 100 que eram pagos pelas horas in itineres. Sobretudo porque o trabalhador satisfeito desempenha melhor suas tarefas e é mais produtivo”, destacou o presidente. o presidente da Fetag, Liberalino Ferreira de Lucena.

Ainda ficou acordado o pagamento de R$ 12 em cima do novo salário mínimo nacional, quando o mesmo ultrapassar o piso atual, a partir de janeiro. Na primeira rodada, realizada no dia 31 de agosto, sindicalistas e representantes da classe patronal confirmaram a data-base da categoria para o dia 1º de setembro, e a manutenção de quase todas as cláusulas da Convenção anterior, exceto as horas in itineres.

A pauta de reivindicações foi aprovada nas assembleias gerais realizadas, no dia 6 de agosto, nos 30 STTRs que atuam na zona canavieira.  A Fetag-PB representa cerca de 30 mil canavieiros nesta safra. E cerca de 90% dos trabalhadores do setor sucoalcooleiro são filiados aos Sindicatos. “Atribuímos este número ao reconhecimento de um trabalho que é realizado todos dias no campo com as parcerias do SRTE e Ministério Público do Trabalho”, afirmou João Lau, secretário de Assalariados da Fetag-PB. 


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
Fetag, Contag e Senar realizam a primeira Oficina de Base na Paraíba
Fetag, Sindicatos e Contag reúnem mais de 5 mil em grande ato contra a Reforma da Previdência
CONTAG reforçará luta pela reforma agrária e pelos direitos da classe trabalhadora
Fetag, Sindicatos e setor sucroalcooleiro paraibano dão início a campanha salarial de canavieiros
 
 


Últimas Notícias

11.09.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
14.08.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
12.08.2019
Cem mil mulheres mostram ao Brasil o poder das margaridas do campo, floresta e águas
12.08.2019
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
17.07.2019
Cartilha da Trabalhadora Rural será lançada durante Marcha das Margaridas

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192