05.10.2017 - 09:38:52
Câncer tem cura. Entre de peito nessa luta

Iniciamos o mês de outubro e, com ele, reforçamos o chamado a todas as mulheres a cuidarem da sua saúde e a lutarem contra o câncer de mama. Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), a estimativa é de 60 mil novos casos de câncer de mama por ano em mulheres cada vez mais jovens. Quanto mais cedo o diagnóstico, mais chances de cura. A entidade informa que, quando descoberto no início, há 95% de probabilidade de recuperação total.

Com o objetivo de chamar a atenção para o aumento dos casos e conscientizar as mulheres sobre a importância de fazer o autoexame e a mamografia rotineiramente, surgiu em 1990, nos Estados Unidos, o movimento internacionalmente conhecido como Outubro Rosa, cujo nome nos remete ao laço rosa que simboliza em todo o mundo esta campanha. O laço foi distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York. Posteriormente, adotou-se a estratégia de iluminar na cor rosa monumentos, pontes, prédios públicos, entre outros, em vários países.

No Brasil, a primeira iniciativa aconteceu em 2002, com a iluminação do Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, na comemoração dos 70 anos de encerramento da revolução. Ao passar dos anos, boa parte das capitais e grandes cidades brasileiras já se prepara para ficar iluminada de rosa no mês de outubro. “O Outubro Rosa é um movimento que alcançou o mundo de forma bonita, que consegue ser compreendida e fazer toda a população refletir sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama”, avalia a secretária geral da Contag, Thaisa Daiane Silva.

A cada ano a campanha vai se popularizando e dá bons resultados. Mesmo que é preciso que as mulheres busquem um diagnóstico precoce durante os 12 meses do ano, em outubro aumenta consideravelmente a procura pelos exames, principalmente a mamografia. O Ministério da Saúde registra um crescimento de 35% na realização de exames, que passou de 3 milhões, em 2010, para 4,1 milhões em 2016. Até julho deste ano, foram realizados um total de 2,1 milhões de testes.

Além da mamografia, também é fundamental fazer autoexame, até mesmo em mulheres bem jovens. Segundo pesquisa do Inca, de 2016, 66,2% das descobertas de câncer de mama ocorrem pelas próprias pacientes. E vários médicos alertam que vem aumentando a incidência da doença em mulheres com menos de 40 anos, principalmente naquelas com histórico familiar.

Ainda sobre a prevenção, é importante ficar atenta às mudanças no corpo, pois, na maioria dos vezes, o câncer é uma doença silenciosa. Procure urgente o seu médico ou médica caso descubra um nódulo na mama, secreção com sangue pelo mamilo e alterações na forma ou na textura do mamilo ou da mama. Quanto antes diagnostica, mais eficiente será o tratamento e chance de cura aumenta bastante.

“A Contag vai intensificar a campanha do Outubro Rosa junto às Federações e Sindicatos. Como as mulheres trabalhadoras rurais estão longe dos centros urbanos, hospitais e clínicas, têm mais dificuldade em fazer mamografia frequentemente. Nesse sentido, precisamos intensificar a conscientização para que todas façam o autoexame e que não deixem de fazer os exames e de consultar, pelo menos, uma vez ao ano. Câncer tem cura. Entre de peito nessa luta”, reforçou Thaisa.

Fonte: Assessoria de Comunicação da CONTAG - Verônica Tozzi


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
Cem mil mulheres mostram ao Brasil o poder das margaridas do campo, floresta e águas
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
Cartilha da Trabalhadora Rural será lançada durante Marcha das Margaridas
Rurais em defesa da Previdência Social
Secretaria da Contag faz balanço sobre votação da MP 871 em Comissão Mista
 
 


Últimas Notícias

11.09.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
14.08.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
12.08.2019
Cem mil mulheres mostram ao Brasil o poder das margaridas do campo, floresta e águas
12.08.2019
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
17.07.2019
Cartilha da Trabalhadora Rural será lançada durante Marcha das Margaridas

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192