17.06.2011 - 11:59:39
Habitação rural garante fixação da família no campo

O governo federal lançou, na última quinta-feira (16), o programa Minha Casa, Minha Vida 2. A meta para essa etapa é a contratação de duas milhões de unidades. A habitação rural, que até então estava relegada a segundo plano, vai alavancar as contratações através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).

Fruto do Grito da Terra 2011, a criação de uma Superintendência na Caixa Econômica Federal para operacionalizar o PNHR vai contribuir para que o trabalhador (a) rural também seja incluído nessa política pública federal.

O presidente da Contag, Aberto Broch, participou da solenidade de lançamento do programa no Palácio do Planalto, em Brasília, e segundo ele essa é a primeira vez em que durante um lançamento do porte do Minha Casa Minha Vida tem recorte para o campo, “e que a população rural também é lembrada e assistida”, considera.

Para Broch, a luta do movimento sindical por um programa que leve a política da habitação também para o campo foi árdua, e que segundo o presidente contribuiu para o amadurecimento das proposições do MSTTR e também para a sensibilização do governo de que o campo é lugar de gente com direito ao acesso as políticas que o meio urbano também tem.

O presidente também reforça que a habitação rural é tão importante quanto os planos safras, saúde e educação. “A habitação é fundamental para dar condições dignas para que as famílias permaneçam na roça produzindo alimentos”, afirma.

Em seu discurso, a presidenta Dilma Rousseff, reconheceu que a operacionalização da habitação rural como será feita a partir de agora é fruto das reivindicações dos movimentos sociais. “Reconhecemos também as particularidades que a documentação para o meio rural precisa ser diferente do urbano”, disse a presidenta ao cumprimentar a Contag como um dos movimentos responsáveis para que essa realidade fosse possível e os parlamentares responsáveis pela legislação que rege o programa.

A meta é construir dois milhões de novas moradias, e se o programa for alavancado já no primeiro ano, a presidenta se comprometeu em viabilizar mais 600 mil unidades.
 
Fonte: Agência Contag de Notícias - Suzana Campos


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
 
 

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192