22.08.2017 - 12:13:34
INSS dispensa entrevista rural para segurados especiais solicitarem benefícios

Os segurados especiais Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares, não passarão mais pela etapa da entrevista para a comprovação da atividade rural junto ao INSS ao requererem seus benefícios. A portaria (Portaria Conjunta DIRBEN/DIRAT/INSS n.º 01) que dispensa a realização da entrevista foi publicada no último dia 7 de agosto. A entrevista era um instrumento utilizado pelo servidor do INSS para formar sua convicção nos processos de benefícios previdenciários rurais. 

A medida está valendo para os 37 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) paraibanos que já estão integrados com a Previdência Social, na forma de um projeto piloto ainda, por meio do INSS Digital. A iniciativa conta com a colaboração dos Sindicatos para o atendimento aos (as) segurados (as) especiais, organização e envio da documentação necessária para instruir os processos. A expectativa do INSS é que até o final deste ano, todos os Sindicatos paraibanos estejam completamente integrados ao INSS Digital.

Segundo o secretário de políticas sociais da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB), Rosivaldo Fernandes, o objetivo do INSS é de simplificar os procedimentos para a prestação de serviços aos segurados. 

“Em substituição a entrevista rural, a partir de agora, os Sindicatos deverão acrescentar a todos os processos, o “Termo de Declaração do Segurado Especial”, que consiste num formulário que deverá ser preenchido e assinado pelo representante do Sindicato e pelo próprio requerente. Também deverá ser anexada a Declaração do Exercício da Atividade Rural”, explicou Rosivaldo.

O secretário acrescenta que, diante deste novo cenário, não será mais necessária a presença dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares nas agência do INSS. “Salvo nos casos em que o INSS entenda ser necessário entrevista-los para tirar dúvidas sobre o processo de benefício”.

Com esse novo modelo de atendimento o INSS irá analisar os pedidos de benefícios dando maior ênfase ao cruzamento de informações dos dados do CNIS com os demais bancos de dados do governo. 

“Desta forma, o Cadastro do Segurado Especial e a Declaração Anual de Atividade Rural realizados pelos Sindicatos, que alimentam o CNIS-Rural, passam a ser muito importantes para o reconhecimento dos direitos. A Portaria vincula ainda a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) como um novo documento de prova da comprovação da condição de segurado(a) especial”, finalizou Rosivaldo. 


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
 
 


Últimas Notícias

11.09.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
14.08.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
12.08.2019
Cem mil mulheres mostram ao Brasil o poder das margaridas do campo, floresta e águas
12.08.2019
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
17.07.2019
Cartilha da Trabalhadora Rural será lançada durante Marcha das Margaridas

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192