17.06.2016 - 13:08:36
Milhares de Trabalhadores (as) Rurais paraibanos lotam as ruas da Capital e Campina para protestar

Na manhã desta da última quinta-feira (16), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), levou milhares trabalhadores rurais em protestos pacíficos na cidade de Campina Grande e na Capital João Pessoa.

Na Capital, o protesto foi conduzido pelo presidente da Fetag Liberalino Ferreira de Lucena e contou com a participação de cerca de 1.500 Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, mobilizados por vários Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) filiados a entidade, sediados em cidades do Brejo e Zona da Mata. Os agricultores saíram em caminhada da sede da Fetag-PB até a Gerência Executiva do INSS, localizada no Centro.

Segundo o presidente, Liberalino Lucena, a entidade enviou ainda uma delegação com 50 idosos e idosas a Brasília para participar da Mobilização da Capital Federal. “Essa proposta onde homens e mulheres se aposentam apenas aos 65 anos de idade é um absurdo, e fere em cheio os direitos do Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, que começam a trabalhar muito cedo e hoje se aposentam aos 55 anos as mulheres e os homens aos 60 anos. Como se já não fosse muito grave, ainda tem a questão da extinção do Ministério da Previdência Social, quando o que precisamos é de um Ministério ampliado e reestruturado para que atenda melhor a população”, afirmou Liberalino.

Em Campina Grande, cerca de 2.000 Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, oriundos de 40 cidades do interior do Estado, fizeram uma caminhada pelas principais ruas do Centro e depois ocuparam pacificamente a sede da Gerência Executiva da Previdência Social.

Os manifestantes gritavam palavras de ordem contra a Reforma da Previdência Social, contra a extinção do Ministério da Previdência Social (MPS) e do Ministério do Desenvolvimento Agrário, além da manutenção do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), não ao golpe e em defesa da democracia.

Líderes sindicais falaram para as multidões durante toda a manhã e contaram com o apoio de funcionários do INSS.
 
Eliomar Menezes, Gerente Executivo do INSS em Campina Grande, classificou o movimento realizado pela Fetag-PB, como pacífico e organizado. “Um movimento pacífico, organizado e que se encontra dentro das prerrogativas do direito do cidadão de reivindicar das autoridades, e a nossa obrigação é receber com dignidade aqueles que estão lutando pela manutenção dos seus direitos”, disse Eliomar.
 
“Estamos ocupando a Gerência Executiva do INSS em Campina Grande, para mostrar que os trabalhadores e trabalhadoras rurais têm representatividade e que não aceitarão calados, a usurpação dos seus direitos. Em João Pessoa o nosso presidente Liberalino comanda o mesmo ato e estaremos nas ruas, sempre que for necessário. Não aceitamos o discurso que apregoa uma crise econômica, pois esta famigerada crise só tem afetado aos trabalhadores, enquanto a classe política está envolvida em uma crise moral sem precedentes em nosso país. Não a reforma da Previdência, não ao fechamento do MDA e do Ministério da Previdência Social, não ao golpe e sim a democracia”, disse a Secretária Geral da Fetag-PB, Cleide Araújo.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Fetag-PB – Neudja Henriques e Ediglei Cordeiro
 


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
 
 


Últimas Notícias

11.09.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
14.08.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
12.08.2019
Cem mil mulheres mostram ao Brasil o poder das margaridas do campo, floresta e águas
12.08.2019
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
17.07.2019
Cartilha da Trabalhadora Rural será lançada durante Marcha das Margaridas

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192