20.02.2017 - 12:05:28
Mobilização contra a Reforma da Previdência leva milhares de Trabalhadores Rurais às ruas da Capital

Milhares de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares paraibanos ocuparam às ruas da Capital, na última sexta-feira (17), para protestar contra o Projeto de Emenda Constitucional 287 (PEC), que trata da Reforma da Previdência Social. O evento foi organizado pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB) e os 214 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) do Estado a ela filiados.

Com faixas e cartazes, a multidão saiu da sede da Fetag, localizada em Jaguaribe, em direção a Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba (ALPB), onde foram recebidos pelo presidente da Casa, Gervásio Maia Filho, e os deputados Jeová Campos e Estela Bezerra, autores da proposta de audiência pública que debateu os graves prejuízos sociais e econômicos para os municípios e a sociedade, em especial para a população do Campo, com a aprovação da PEC 287. O ato marcou também a reabertura do Parlatório do Povo Deputado Tota Agra, da ALPB.

O presidente da Fetag-PB, Liberalino Lucena, destacou que os Trabalhadores querem o apoio, principalmente dos 12 deputados federais e 3 senadores paraibanos para que a proposta não seja aprovada. “Desde o início de fevereiro, estamos percorrendo as Câmaras de Vereadores de muitos municípios paraibanos, para, junto aos vereadores e prefeitos, que são a base eleitoral dos deputados e senadores, cobrarmos um posicionamento a respeito dessa Reforma, que, se aprovada da forma que está, deverá, praticamente, extinguir as aposentadorias rurais. Isso é ruim para todo mundo, e perdem, muito os municípios, pois as aposentadorias rurais fazem a economia local circular e geram empregos”.

Ele detalha: “Essa proposta onde homens e mulheres se aposentam apenas aos 65 anos de idade é um absurdo, e fere em cheio os direitos do Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, que começam a trabalhar muito cedo e hoje se aposentam aos 55 anos as mulheres, e os homens aos 60 anos. Na verdade, vão inviabilizar o acesso deste público à aposentadoria, já que em muitos municípios, a expectativa de vida não chega a 70 anos de idade”, afirma Liberalino.

Audiências nos Municípios - As audiências fazem parte de uma grande mobilização do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) paraibano contra a aprovação no Congresso Nacional da PEC da Reforma da Previdência. Durante as audiências, os vereadores têm assinado por unanimidade documento onde se mostram contra a Reforma. A Fetag está reunindo todos os documentos e os encaminhará aos deputados federais e senadores da bancada paraibana.

Agenda das Audiências:

21/02/2017

·         STTR Cuitegí – às 18h30

·         STTR Cachoeira dos Índios - às 8h

 

23/02/2017

·         STTR de Riachão do Poço – às 9h

·         STTR Salgado de São Felix – às 9h

·         STTR Lagoa de Dentro – às 17h

24/02/2017

·         STTR Nova Palmeira – às 8h30

·         STTR Pilões – às 14h

 

03/03/2017

·         STTR Bananeiras – às 9h

·         STTR Tacima – às 8h

·         STTR Triunfo – às 17h

·         STTR Boqueirão – às 9h

10/03/2017

·         STTR Pilar – às 19h

·         STTR -  Lagoa Seca  - às 9h

15/03/2017

·         STTR Juripiranga – às 19h


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
 
 

 

2010 - 2018 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192