12.07.2016 - 12:45:52
Paraibanas participam de plenária de mulheres da regional nordeste da Contag

Três diretoras da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), Maria de Lourdes (Mulheres), Maria Adelino (Terceira Idade), e Iara Enéas (Jovens) participaram entre os dias 4 e 8 de julho, da Plenária Regional Nordeste de Mulheres, promovida pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).

Representantes dos 9 Estados nordestinos participaram do evento, que tem como objetivo propor reflexões em torno dos desafios que precisam ser superados para consolidar o exercício pleno da paridade dentro do MSTTR, além de fazer um balanço político da participação das mulheres ao longo dos 53 anos da Contag.

Inúmeras histórias passaram a ser contadas nas últimas décadas sobre as mulheres... Porém uma coisa é certa: boa parte delas falam do contexto de exploração e dominação em que se encontravam  e encontram as mulheres.  Falam de desafios que as mulheres ainda precisam ultrapassar, como: o enfrentamento a pouca representatividade no Congresso Nacional, mesmo sendo a grande maioria do eleitorado brasileiro; menor salário, mesmo com mais estudo que os homens; entre outras injustiças sentidas e vivenciadas todos os dias.

Da labuta da roça até a participação no Movimento Sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), a trajetória das mulheres também é marcada por histórias de superação e garra. Antes dependentes dos maridos como sócias, hoje elas querem mais! Querem Paridade! Querem ter espaço de decisão política de forma igualitária entre mulheres e homens.

Paridade já aprovada, de forma unânime, no 11º Congresso Nacional de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da Contag, realizado em 2013, que confirmou a importância estratégica de seu exercício para consolidar relações igualitárias no MSTTR.
 
Uma demonstração efetiva de que o MSTTR  é capaz de promover a Marcha das Margaridas, a maior mobilização de mulheres trabalhadoras rurais do mundo, precisa ser coerente e enfrentar o desafio de renovar as práticas sindicais com igualdade de gênero, com as mesmas convicções e princípios os quais, com tanto êxito, tem defendido e pleiteado em outros espaços da sociedade e do governo, visando, numa perspectiva classista, o fortalecimento da democracia, igualdade e justiça.
 
A luz de todos esses desafios ainda por serem enfrentados, seguem por todo o Brasil as Plenárias Regionais de Mulheres da Contag.

“A Plenária de Mulheres é um momento ímpar na história do Movimento Sindical. Estamos pautando questões da nossa trajetória de vida política, rememorando a história linda, de luta  e conquista  das mulheres. Muitas vezes, marcada por fatos tristes, mas também de avanços. Somos resistentes! Vamos entrar no 12° Congresso da Contag preparadas com a discussão da paridade, afirmando que não é por número, mas pela nossa condição igualitária de asseguramos  conjuntamente os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais. A cada conquista nossa vem outros desafios, precisamos resistir para continuarmos avançando”, ressalta a secretária de Juventude Rural da Contag, Mazé Morais, que também já contribuiu com o debate da Plenária de Mulheres do Centro-Oeste.
 
“Atingimos o propósito da Plenária, que também é uma preparação nossa para Plenária Nacional de Mulheres e para o Congresso da Contag, onde uma grande conquista vai ser implementada que é justamente a paridade. Ainda temos que enfrentar nos nossos estados a discussão, para que no Congresso possamos dizer que não só a Contag cumpre a paridade, mas que as Federações do Nordeste entendem também que a paridade não é só número, mas é demarcar território, é afirmar que estamos nesse lugar por uma construção política e que temos a capacidade de contribuir com o MSTTR”, reafirma a importância da paridade, Adriana Nascimento, da Coordenação Regional Nordeste da Contag.

Fonte:
Assessoria de Comunicação Contag - Barack Fernandes


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
Fetag cobra compromisso de candidatos ao Governo do Estado com a Agricultura Familiar
Fetag-PB debate com candidatos ao Governo ompromissos com a Agricultura Familiar, nesta sexta (21)
12 anos da Maria da Penha: enfrentamento à violência contra as mulheres precisa ser intensificado
Fetag-PB cobrará compromisso com Agricultura Familiar à candidatos ao Governo do Estado, em debate
7ª turma da Enfoc da Contag presta solidariedade a manifestantes em Greve de Fome por Justiça no STF
 
 

 

2010 - 2018 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192