21.06.2012 - 11:54:46
Setor sucroalcooleiro recebe selo da presidente Dilma



Quatro das sete empresas paraibanas do setor sucroalcooleiro receberam da presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, no dia 14, o selo “Empresa Compromissada”.

O selo foi concedido pela Comissão Nacional de Diálogo e Avaliação do Compromisso Nacional às empresas do setor consideradas cumpridoras de todas as boas práticas empresariais e trabalhistas. Assinado em 2009, o Compromisso Nacional é resultado de uma experiência inédita no Brasil de diálogo e negociação tripartite, que enfrenta o desafio de promover o trabalho decente no setor do açúcar e do álcool e promover a reinserção dos trabalhadores desempregados pelo avanço da mecanização da colheita.

As empresas que receberam o selo foram: Japungu Agroindustrial (Santa Rita), Monte Alegre (Mamanguape), Miriri Alimentos e Bionergia (Santa Rita) e Giasa –LDC SEV (Pedras de Fogo). Auditadas no ano passado, as quatro empresas que aderiram ao Compromisso Nacional cumpriram com os termos estabelecidos e eram acompanhadas de perto pelo secretário de Assalariados da Fetag, João Lau, que realiza visitas freqüentes ao campo, para se certificar que todos os trabalhadores rurais empregados nas empresas tenham seus direitos assegurados.

A presidente Dilma Rousseff destacou o êxito do compromisso. “Estamos dando um passo no sentido de mostrar que é possível, sim, produzir energia limpa fazendo um processo de inclusão social no qual o direito dos trabalhadores adquire papel de destaque”.

Dilma destacou, ainda, a importância do setor como fonte de energia renovável: 45% da matriz energética do Brasil vêm de fontes renováveis, enquanto a média internacional é 11%. E defendeu o etanol brasileiro. “O Brasil hoje tem uma matriz energética das mais renováveis do mundo porque tem na sua composição, principalmente na matriz de combustível, o etanol. É bom que a gente sempre lembre que o mais difícil, no que se refere à energia renovável, é a substituição, complementação ou criação de novas tecnologias na matriz de combustível. É ela que explica por que maior parte do mundo tem uma matriz tão concentrada em fontes fósseis”, disse. E complementou: “muitos de nós não sabem que o uso do etanol é a diferença entre nós e os demais países no que se refere a uma matriz renovável”.

Hoje o setor sucroenergético da Paraíba emprega aproximadamente 60 mil trabalhadores diretos e indiretos e 25% da safra é feita através da mecanização.

Segundo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, há 300 empresas do setor no país. Dessas, 250 aderiram ao Compromisso e 169 receberam o selo. Carvalho informou que há um compromisso de boas práticas já em andamento para a área da construção civil e que a meta, agora, é iniciar as discussões com a indústria têxtil. Na Paraíba, todas as empresas que aderiram ao Compromisso receberam o selo.

O Compromisso Nacional da Cana-de-Açúcar será prorrogado até abril de 2013. Nessa nova etapa, além de dar continuidade à implementação das diretrizes já acordadas, a Comissão Nacional de Diálogo e Avaliação pretende negociar novas medidas que visem aprimorar ainda mais as condições dos trabalhadores. “Trata-se de um processo de evolução, mas já pudemos notar melhorias importantes na relação entre trabalhadores e empresas, desde que o Compromisso começou a ser implementado”, resume o assessor especial José Lopez Feijó, que coordena o assunto no âmbito da Secretaria-Geral da Presidência da República.
 


Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
Conselho Deliberativo da Fetag reúne cerca de 200 lideranças sindicais em Patos
STTR de São Domingos do Cariri emite Carteira de Trabalho
Mesmo com “surpresinha” de relator, trabalhador rural pode não se aposentar
OAB-PB apoia luta da Fetag contra proposta de reforma da previdência para agricultores
Uso de agrotóxicos em plantações provoca doenças e morte de agricultores
 
 

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192