28.06.2017 - 12:23:38
Trabalhadores Rurais paraibanos param novamente nesta sexta (30)

 Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, a Terceirização, “Fora Temer” e “Diretas Já”, os Trabalhadores(as) Rurais, Agricultores(as)  Familiares e Assalariados (as) Rurais paraibanos irão parar novamente as suas atividades nesta sexta-feira (30), aderindo a Greve Geral que deverá parar o País. 

 
Em João Pessoa, pela manhã, acontecerão várias mobilizações pelo centro da Capital, culminando com um grande ato, a partir das 12h, na Lagoa. Por todo o estado, os 214 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) filiados à Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB) fecharão suas portas e também realizarão atos com a participação dos Agricultores.
 
A luta contra a retirada de direitos dos Trabalhadores, sobretudo dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais proposta pelas Reformas da Previdência e Trabalhista, e a Terceirização, encampada pela Fetag-PB e os Sindicatos, tem mobilizado milhares de pessoas por todo o Estado.
 
Segundo o presidente da Fetag, Liberalino Lucena, o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) é radicalmente contra qualquer Reforma que represente a perda de direitos, arduamente conquistados. 
 
“A nossa mobilização pela saída do Presidente da República, Michel Temer, se justifica pelo contexto de corrupção que o “representante” maior de nossa nação está envolvido e, com sua saída, queremos garantir o nosso direito de escolhermos o Presidente da República através do voto direto. Essa não é uma luta só dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares, mas de todos os Trabalhadores desse País, na verdade de toda a sociedade de uma forma geral”, justificou Liberalino.
 
Outras mobilizações – Desde junho de 2016, a Fetag e os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) paraibanos iniciaram uma verdadeira batalha contra a aprovação das Reformas da Previdência e Trabalhista, e a Terceirização. 
 
“Iniciamos com a ocupação das sedes das Gerências Executivas do INSS em João Pessoa e Campina Grande; seguida da Audiência Pública realizada pela Assembleia Legislativa do Estado, que reinaugurou a Parlatório do Povo e ocupou toda a Praça João Pessoa; também foram realizados grandes encontros no auditório da Fetag, onde chamamos os deputados e senadores a se manifestarem sobre suas posições frente as Reformas; além das mais de 100 Audiências Públicas realizadas nas Câmaras Municipais. Continuaremos mobilizados e buscando o apoio da sociedade para juntos lutarmos contra os impactos gravíssimos e irreversíveis que essas mudanças, se aprovadas, trarão para a classe trabalhadora, em especial para os Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo”, finalizou o presidente da Fetag, Liberalino Lucena.
 

Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
 
 


Últimas Notícias

11.09.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
14.08.2019
Cerca de 80 lideranças do Brejo paraibano participam da 2ª Oficina de Base
12.08.2019
Cem mil mulheres mostram ao Brasil o poder das margaridas do campo, floresta e águas
12.08.2019
Marcha das Margaridas 2019 começa nesta terça (13)
17.07.2019
Cartilha da Trabalhadora Rural será lançada durante Marcha das Margaridas

 

2010 - 2019 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192