28.06.2017 - 12:23:38
Trabalhadores Rurais paraibanos param novamente nesta sexta (30)

 Contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, a Terceirização, “Fora Temer” e “Diretas Já”, os Trabalhadores(as) Rurais, Agricultores(as)  Familiares e Assalariados (as) Rurais paraibanos irão parar novamente as suas atividades nesta sexta-feira (30), aderindo a Greve Geral que deverá parar o País. 

 
Em João Pessoa, pela manhã, acontecerão várias mobilizações pelo centro da Capital, culminando com um grande ato, a partir das 12h, na Lagoa. Por todo o estado, os 214 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) filiados à Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Paraíba (Fetag-PB) fecharão suas portas e também realizarão atos com a participação dos Agricultores.
 
A luta contra a retirada de direitos dos Trabalhadores, sobretudo dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais proposta pelas Reformas da Previdência e Trabalhista, e a Terceirização, encampada pela Fetag-PB e os Sindicatos, tem mobilizado milhares de pessoas por todo o Estado.
 
Segundo o presidente da Fetag, Liberalino Lucena, o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR) é radicalmente contra qualquer Reforma que represente a perda de direitos, arduamente conquistados. 
 
“A nossa mobilização pela saída do Presidente da República, Michel Temer, se justifica pelo contexto de corrupção que o “representante” maior de nossa nação está envolvido e, com sua saída, queremos garantir o nosso direito de escolhermos o Presidente da República através do voto direto. Essa não é uma luta só dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares, mas de todos os Trabalhadores desse País, na verdade de toda a sociedade de uma forma geral”, justificou Liberalino.
 
Outras mobilizações – Desde junho de 2016, a Fetag e os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) paraibanos iniciaram uma verdadeira batalha contra a aprovação das Reformas da Previdência e Trabalhista, e a Terceirização. 
 
“Iniciamos com a ocupação das sedes das Gerências Executivas do INSS em João Pessoa e Campina Grande; seguida da Audiência Pública realizada pela Assembleia Legislativa do Estado, que reinaugurou a Parlatório do Povo e ocupou toda a Praça João Pessoa; também foram realizados grandes encontros no auditório da Fetag, onde chamamos os deputados e senadores a se manifestarem sobre suas posições frente as Reformas; além das mais de 100 Audiências Públicas realizadas nas Câmaras Municipais. Continuaremos mobilizados e buscando o apoio da sociedade para juntos lutarmos contra os impactos gravíssimos e irreversíveis que essas mudanças, se aprovadas, trarão para a classe trabalhadora, em especial para os Trabalhadores e Trabalhadoras do Campo”, finalizou o presidente da Fetag, Liberalino Lucena.
 

Voltar | Início | Imprimir

Relacionadas:
 
 

 

2010 - 2018 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192