FETAG-PB

Rádio FETAG

Programas

Provas de processo seletivo do CAVN acontecem neste sábado (15)

Serão realizadas neste sábado (15), as provas do processo seletivo, para os cursos técnicos de Agropecuária, Agroindústria e Aquicultura, oferecidos pelo Colégio Agrícola Vidal de Negreiros (CAVN), para ingresso em 2014.

As provas serão realizadas em horários diferenciados, de acordo com a modalidade de curso escolhida. Para os candidatos aos cursos Integrados e Proeja ocorrerá das 9h às 12h. E a partir das 13h, para os interessados  nos cursos subseqüentes. Os exames serão realizados no Pavilhão de Aulas do CAVN, em Bananeiras.

Os candidatos deverão se apresentar no local das provas, de posse de um documento de identificação com foto (RG, Carteira de Habilitação Nacional, Carteira de Estudante, Carteira de Trabalho, Passaporte, Certificado de reservista, etc). Recomenda-se que o candidato chegue ao local da prova com antecedência mínima de 1 hora.

Resultado e matrículas
- O resultado será divulgado no dia 21 de fevereiro de 2014, através da Secretaria do CAVN e do sítio www.cavn.ufpb.br/index.php/processos-seletivos. A 2ª chamada será publicada no dia 7 de março de 2014, nos mesmos locais.

As matrículas para os aprovados acontecerão na Secretaria do CAVN, em Bananeiras. Para os classificados na 1ª chamada, o prazo será de 24 a 28 de fevereiro de 2014. E para os convocados na 2ª chamada, de 10 a 13 de março de 2014.

Vagas - Estão sendo oferecidas 275 vagas para alunos concluintes do Ensino Fundamental e Médio, além de profissionais autônomos. Os profissionais formados pelo CAVN/UFPB poderão trabalhar em empresas públicas ou privadas, montar seu próprio negócio ou prestar consultoria técnica, procurando desenvolver o setor e garantindo a preservação ambiental.

Fala de Fátima



Baixar arquivos








Conselho da Fetag se reunirá para avaliar PNHR e prestação de contas

Avaliar o andamento do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) na Paraíba, será o principal objetivo da reunião que a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) realizará com seu Conselho Deliberativo, na próxima quarta-feira (5). A abertura acontecerá a partir das 8h30, no auditório da entidade localizado na Rua Rodrigues de Aquino, 722, Jaguaribe, em João Pessoa.

O encontro contará com a presença da responsável nacional pelo PNHR, junto a Caixa Econômica Federal (CEF), principal agente financeiro do programa na Paraíba, e sua equipe. Também participará, o responsável pelo Programa junto ao Banco do Brasil, Jeferson Coutinho da Cunha, que falará sobre as formas de operacionalização do PNHR.

A reunião terá ainda na pauta de discussão, a prestação de contas do ano de 2013 e a previsão orçamentária de 2015.
 

Fala de Liberalino



Baixar arquivos








Fetag alerta agricultores sobre o término do prazo para adesão ao Garantia Safra 2014

Com o objetivo de minimizar os prejuízos dos agricultores familiares devido à seca, foi prorrogado até o dia 31 de janeiro, o prazo para adesão ao Programa Safra 2014. Os agricultores devem efetuar o pagamento no valor de R$ 12,75 em qualquer Casa Lotérica ou Caixa Aqui.

O pagamento do boleto garantirá que as famílias que aderiram ao programa recebam o benefício no valor de R$ 850, pagos em até cinco parcelas, em caso de perda comprovada de pelo menos 50% das lavouras de feijão, milho, arroz, algodão e/ou mandioca em razão de seca ou excesso de chuvas.Até hoje (22), em todo o Estado, cerca de 27 mil agricultores familiares, dos 187 municípios paraibanos que aderiram ao Programa, ainda não efetuaram o pagamento de seus boletos. A expectativa é de que cerca de 120 mil agricultores sejam beneficiados.

A emissão dos boletos é feita através do Sistema de Gerenciamento do Garantia Safra diretamente no site do programa, www.mda.gov.br, e a responsabilidade pela emissão é da Secretaria Municipal de Agricultura, que deve emitir todos os boletos e distribuir com os agricultores que foram homologados pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável.

Fala de Geane



Baixar arquivos




















Trabalhadores Rurais têm até sexta (13) para se inscrever para cursos técnicos do CAVN

Encerra nesta sexta-feira (13), o prazo para as inscrições do processo seletivo para ingresso em 2014, nos cursos técnicos de nível médio em Agropecuária, Agroindústria e Aquicultura, oferecidos pelo oferecidos Colégio Agrícola Vidal de Negreiros (CAVN), localizado em Bananeiras. As inscrições e os cursos são totalmente gratuitos.

Os trabalhadores e trabalhadoras rurais interessados deverão procurar os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) de seus municípios ou a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB). As inscrições estão sendo feitas presencialmente, nos Sindicatos, na secretaria do CAVN ou pelo site do Colégio http://www.cavn. ufpb.br/index.php/processo-seletivo-atual. Após o preenchimento, os candidatos deverão anexar cópia da Cédula de Identidade.

O edital alerta que cada candidato só poderá se inscrever para apenas 1 curso, e em 1 forma ou modalidade (Integrado, Subsequente ou Proeja). Caso haja mais de uma inscrição de uma mesma pessoa, será considerada a inscrição mais recente.

Realização das provas – Todas as provas serão realizadas no dia 15 de fevereiro, porém em horários diferenciados, de acordo com a modalidade de curso escolhida. Para os candidatos aos cursos Integrados e Proeja ocorrerá das 9h às 12h. E a partir das 13h, para os interessados  nos cursos subseqüentes. Os exames serão realizados no Pavilhão de Aulas do CAVN.

Resultado e matrículas - O resultado será divulgado no dia 21 de fevereiro de 2014, através da Secretaria do CAVN e do sítio www.cavn.ufpb.br/index.php/processos-seletivos. A 2ª chamada será publicada no dia 7 de março de 2014, nos mesmos locais.

As matrículas para os aprovados acontecerão na Secretaria do CAVN, em Bananeiras. Para os classificados na 1ª chamada, o prazo será de 24 a 28 de fevereiro de 2014. E para os convocados na 2ª chamada, de 10 a 13 de março de 2014.

Vagas - Estão sendo oferecidas 275 vagas para alunos concluintes do Ensino Fundamental e Médio, além de profissionais autônomos. Os profissionais formados pelo CAVN/UFPB poderão trabalhar em empresas públicas ou privadas, montar seu próprio negócio ou prestar consultoria técnica, procurando desenvolver o setor e garantindo a preservação ambiental. 

Fala de Fátima



Baixar arquivos




Fetag e Sindicatos participam de Seminário sobre o Fortalecimento das Produtoras Rurais

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), representada por sua secretária de Mulheres, Lourdes de Picuí, e mais oito mulheres dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) das regiões do Médio e Alto Sertão, Curimataú, Cariri Oriental e Ocidental, participaram entre os dias 9 e 10 de dezembro do “Seminário de Apresentação do Projeto Cidadania e Organização das Mulheres Rurais: Fortalecendo a Autonomia das Produtoras Rurais”. O evento foi realizado no Hotel Garden, em Campina Grande.

Entre as representantes dos Sindicatos estão: Maria Suélia Guimarães (Taperoá); Raimunda Soares Gomes (Tacima); Cleide Araújo (São Vicente Seridó e Fetag); Maria Adelino da Silva (Campina Grande e Fetag); Josefa Avanise Fernandes Matias Ribeiro (Araruna); Maria de Lourdes Santana S. Araújo (Pombal e Fetag); Lúcia de Fátima Santana Ferreira (São João do Rio do Peixe) e Ana Maria S. Alves (Livramento).
 

Fala de Fátima



Baixar arquivos




Presidente da Fetag participa de comemorações pelo dia do Extensionista Rural

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), Liberalino Lucena, participou, na última sexta-feira (6), das comemorações pelo Dia Nacional do Extensionista Rural. O evento foi promovido pelo Governo do Estado, por meio da Emater Paraíba.

A programação iniciou às 7h, com a apresentação e degustação de produtos oriundos da agricultura familiar, comercializados na feira do produtor, que acontece às sextas-feiras, no pátio da Emater. Teve ainda uma exposição fotográfica, demonstrando os 58 anos de atuação da Extensão Rural na Paraíba, e a entrega de troféus e medalhas para extensionistas nativos, inativos e por categoria.

Durante a solenidade, o governador Ricardo Coutinho realizou a entrega de nove carros tipo Pickup, 99 aparelhos de GPS e 62 microcomputadores que vão contribuir para o trabalho dos extensionistas rurais junto aos agricultores familiares.

Fala de Liberalino



Baixar arquivos
















Fetag e STTRs da região de Guarabira participam de Seminário de Educação para o Campo

A Fetag, representada por seu diretor Rosivaldo Fernandes, e os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) da região de Guarabira participarão, nesta quinta e sexta-feiras (28 e 29), do Seminário Regional de Educação para o Campo, que acontecerá em um ginásio próximo a Secretaria de Educação de Guarabira. Nos dias 3 e 4 de dezembro, o mesmo evento será realizado no município de Itaporanga.

O objetivo é discutir as legislações e práticas pedagógicas de Educação do Campo, vislumbrando o fortalecimento das ações educativas voltadas para este público.

O evento é organizado pelo Governo do Estado, através de sua Secretaria de Educação, em parceria com o Comitê Estadual de Educação do Campo, do qual a Fetag Paraíba faz parte.
 

Fala de Fátima



Baixar arquivos




Fetag e Sindicatos participam de curso promovido pelo INSS, em Campina Grande

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) e os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) que atuam sob a jurisdição da Gerência Executiva do INSS de Campina Grande, participarão, entre os dias 20 e 22 próximos, do Curso Disseminadores Externos das Informações Previdenciárias.

O curso faz parte do Programa de Educação Previdenciária, que tem o objetivo de informar e conscientizar a sociedade acerca de seus direitos e deveres em relação à Previdência Social e a finalidade de assegurar a proteção social dos cidadãos, por meio de sua inclusão e permanência no Regime Geral de Previdência Social - RGPS.

O intuito é formar representantes de entidades da sociedade civil organizada e de categorias profissionais para atuarem como disseminadores externos das informações pertinentes ao Regime Geral de Previdência Social.

A assessora da Fetag, Geane Lucena, fala sobre o evento.
 

Fala de Geane



Baixar arquivos




Presidente da Fetag conclama Sindicatos para reunião do Conselho Deliberativo

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB) volta a reunir seu Conselho Deliberativo, no próximo dia 27 de novembro, para reunião ordinária, prevista para iniciar às 8h, com a seguinte programação de discussão:

1.    Prestação de Contas do Ano de 2012 e Previsão Orçamentária de 2014;
2.    Apresentação, discussão e deliberação do Regimento Interno da FETAG/PB;
3.    Avaliação do andamento do Programa Nacional de Habitação Rural (participação dos bancos repassadores de recursos);
4.    Outros assuntos.

Em sua entrevista, presidente da Fetag, Liberalino Lucena, conclama todos os 214 Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) filiados a entidade a participarem do encontro.
 

Fala de Liberalino



Baixar arquivos








Fetag-PB participa de Seminário Internacional da Juventude Rural

A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba (Fetag-PB), representada por seus diretores Rosivaldo Fernandes e Edielma Maria, participou entre os dias 29 e 31 de outubro, do “Seminário Internacional da Juventude Rural: por Reforma Agrária e Crédito Fundiário”, realizado em Brasília. O evento contou com a participação de jovens trabalhadores(as) rurais, campesinos(as), indígenas, afrodescendentes e quilombolas de diferentes regiões da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Equador, Nicarágua, Paraguai, Peru e Uruguai.

Depois de três dias de análise e debates sobre a realidade da juventude rural da América Latina, foi construída uma carta política com proposição de políticas estruturantes para o fortalecimento da agricultura familiar, campesina e indígena nos países latinos. O documento foi aprovado e entregue aos representantes do governo brasileiro no último dia do evento (31), na sede da Contag, em Brasília.

A carta traz quatro propostas centrais, que são: o direito à terra; o direito à educação pública, gratuita e de qualidade; o direito ao trabalho decente; e o direito da juventude de vivenciar sua condição juvenil no campo, experimentando diferentes formas de sociabilidade a partir do direito à cultura, esporte, lazer, tecnologias da informação e comunicação, participação social e política de maneira autônoma e protagonista.

O momento de entrega da carta contou com a presença da diretoria da CONTAG, da Comissão Nacional de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, da juventude rural da América Latina, da secretária Nacional da Juventude do governo federal, Severine Macedo, e de representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário, da Secretaria-Geral da Presidência da República, da FAO e da REAF.

Depois de receber a carta, Severine Macedo reafirmou o compromisso do governo federal no avanço da agenda da juventude rural, principalmente após a aprovação do Estatuto da Juventude. “Queremos lançar, ainda nesse ano, o Política Nacional de Juventude Rural coordenado pela Secretaria Nacional de Juventude em conjunto com o MDA e outros ministérios. É uma iniciativa para começar a executar de maneira articulada nos territórios as ações na área do crédito, da assistência técnica, da formação e viabilizando pontos de cultura dentro do espaço rural.” Segundo Severine, o objetivo é ampliar as oportunidades para os jovens permanecerem no campo, especialmente as mulheres jovens, maiores vítimas do êxodo rural no Brasil.

Adriana do Nascimento, secretária de Juventude Rural da FETAPE, participou do seminário e destacou que esse encontro proporcionou compreender que a realidade da juventude brasileira não está tão distante da realidade da juventude dos outros países da América Latina. “Travamos as mesmas lutas em prol do acesso à terra e da permanência no campo, mas com qualidade de vida e trabalho. Mas, a juventude quer junto com a terra as políticas públicas estruturantes, como a água para produzir, a educação, cultura, esporte, entre outras importantes para a geração de renda e qualidade de vida.”

Evangelina Codoni, da Federação Agrária Argentina, disse que na Argentina não existem políticas voltadas para a agricultura familiar e campesina, tampouco para a juventude rural. Neste sentido, avaliou positivamente esse intercâmbio com a juventude rural latina. “Conhecemos a realidade dos jovens brasileiros e dos outros países. Estamos aprendendo sobre as experiências. Infelizmente, não conseguimos manter um diálogo com o governo argentino para levar essas propostas.”

Avaliação - Promovido pelo Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), o evento contou com o apoio da Secretaria de Reordenamento Agrário (SRA), do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). A coordenação foi da Contag.

Para Mazé Morais, secretária de Jovens, estes três dias foram muito importantes. “Conseguimos conhecer a realidade da juventude rural da América Latina. Os nossos problemas no Brasil são praticamente os mesmos dos outros países. Nós debatemos e fizemos proposições ao governo brasileiro e aos outros governos latinos. Agora, esperamos que os governantes olhem com carinho e atendam as reivindicações da juventude rural.”

Zenildo Pereira Xavier, secretário de Política Agrária, afirmou que o objetivo foi alcançado e que a Reforma Agrária é a principal demanda da juventude rural. “Conseguimos definir alguns encaminhamentos e proposições para o ano de 2014. São proposições para avançar na Reforma Agrária e na Agricultura Familiar. Hoje, a principal demanda da juventude brasileira e dos outros países latino-americanos é o acesso à terra. Além disso, também somos contra o avanço do agronegócio, que expulsa, cada vez mais, os jovens do campo.”

Por fim, Willian Clementino, vice-presidente e secretário de Relações Internacionais, avaliou que a iniciativa do seminário foi interessante do ponto de vista que a CONTAG conseguiu perceber que os problemas enfrentados pela juventude brasileira são os mesmos enfrentados pela juventude latino-americana. “Portanto, faz-se necessário discutir em toda a região latino-americana o papel da juventude e o papel do acesso à terra, da reforma agrária e do crédito fundiário para que esses jovens possam ter as condições de exercer e fazer de fato com que aconteça a sucessão rural na agricultura familiar, nas comunidades indígenas e quilombolas.”
 

Fala de Rosivaldo



Baixar arquivos




 
 
Voltar | Início
 
 

2010 - 2014 - Direitos reservados.
Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba - FETAG-PB
Av. Rodrigues de Aquino, 722 - Jaguaribe - João Pessoa / PB - Tel.: 83 - 3241-1192